quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

BBB…

Hoje quero deixar registrado aqui uma mensagem do Filipe Mastrillo, na verdade todos os textos dele são muitooo bonsss, vale a pena conferir (F. P. Mastrillo), bem o assunto é BBB, eu quase não assisto televisão, não “quase”, na verdade “nunca”…mas por falta de tempo, e por priorizar outras coisas quando estou em casa, mas de verdade não me tem feito nenhuma falta! Então eu nem sabia que ia começar o tal do BBB se não tivesse ouvido por aí, entre as conversas sobre a notícia, é claro que compactuo com a idéia do Mastrillo, por isso estou “citando” o texto dele para lembrá-los do assunto…

Grande Beijo

Danny Elias

 
 
NÃO ASSISTA AO BIG BROTHER

O Big Brother é um dos programas mais vistos quando vai ao ar no Brasil. E tenho que falar que desde que sou cristão nunca assisti a esse programa. Já assisti algumas provas, pedaços, partes para ver como estava a situação do programa, mas sempre desistia logo em seguida. Não dá para negar que o BB ( qualquer dele ) faz apologia ao sexo, a sexualidade, a bebida, farra, discórdia, mentira, falsidade sob o pretexto de dizer que a vida é assim mesmo. Isso é ridículo, porque uma parcela não pode representar com exatidão a humanidade como um todo, o Brasil como um todo. Pior do que assistir o BB é saber que existe cristãos viciados nesse ridículo programa. Uso a palavra viciado porque o programa é como uma droga que injetamos na nossa veia. Uso a palavra ridículo porque o programa não traz nada de bom e mesmo assim parece estar na boca, na mente e na vida do povo como se fosse a cura para suas almas. Como disse André Sanchez, autor do blog Esboçando idéias: “Eu concordo que o cristão não deve ser alienado, que deve buscar conhecer o que se passa no mundo, o que tem acontecido, sem preconceito, retendo o que é positivo. Mas com relação ao BBB creio que não há mais o que reter de positivo. Já se sabe o que vem por aí! Ou alguém espera que o BBB11 virá com um formato de programa familiar?”. Não para negar que ele acertou em cheio.

Não assisto a esse programa como também não assisto “Two and half man” ( já assisti várias vezes e depois me toquei do erro), “pânico” e outros por causa do seu claro apelo a sexualidade. Eu quero me manter puro, santo. E esses programas não são ferramentas que vão me ajudar, mas me atrapalhar. Jesus nos desafia a buscar santidade de qualquer jeito, porque a nossa vida depende disso ( Mt5:27-30). Jó nos ensina a fazer um pacto com os nossos olhos para não olhar para tal coisa ( Jó 31:1). José nos ensina a correr. Paulo nos ensina a pensar e colocar em nossa cabeça as coisas boas ( Fp 4:8). Romanos 12:1,2 nos encoraja a não permitir que o mundo entre em nossa mente e faça o seu estrago. Pelo contrário, somos encorajados a renovar a nossa mente com a vontade de Deus. Por fim, não ceda ao mal (Pv 1:10-19) e nem ame o mundo ( 1 Jo 2:15-17), porque não vale a pena. Em outras palavras, não assista ao Big Brother.

Com o perdão de ter sido muito duro,

F. P. Mastrillo

Fonte: F. P. Mastrillo

3 comentários:

Gisele Vargas disse...

Danny, concordo plenameeente!Aqui em casa já decidimos não participar desta baixaria, participar sim, porque é o que fazemos quando deixamos entrar em nossa mente tudo o que se passa no programa.
Beijoo linda!

Thaís Nolasco. disse...

Verdade, gostei do post. O BBB continua do mesmo formato a cada ano. Como ele disse, sempre com apelo para brigas, baixarias, bebidas, etc. Existem coisas melhores a se fazer do que assistir ao Big brother. Beijos :*

Filipe Oliveira disse...

Moh verdade o texto, o BBB não trás nada de positivo para nossa vida espiritual, e como bem retrata o autor do texto ele nos atrapalha na nossa comunhão com o Senhor.

Não vale a pena perder tempo com isso.

Deus te abençõe!