segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Amazing Grace


3348
Oi pessoas, sabe estava baixando algumas imagens na net, e algumas são tão lindas e falam sobre a “Graça”, “Amazing Grace” e coincidentemente é o nome de uma dasss minhas músicas favoritas em “Ingrês” hehe…que é Amazing Grace…e sempre tive vontade de buscar saber mais sobre esta música, pois ela tem toda uma história por trás, certo…

bem procurei e quero compartilhar com vocês também….

Bem o que descobri…hehe..John Newton foi o autor deste clássico da música cristã, Newton nasceu um 1725 a 1807…e aí está um trecho interessante da história:

“Depois de um curto tempo na Marinha Real, John Newton iniciou sua carreira como traficante de escravos. Certo dia, durante uma de suas viagens, o navio de Newton foi fortemente afetado por uma tempestade. Momentos depois de ele deixar o convés, o marinheiro que tomou o seu lugar foi jogado ao mar, por isso ele próprio guiou a embarcação pela tempestade. Mais tarde ele comentou que durante a tempestade ele sentiu que estavam tão frágeis e desamparados e concluiu que somente a Graça de Deus poderia salvá-los naquele momento. Incentivado por esse acontecimento e pelo que havia lido no livro, Imitação de Cristo de Tomás de Kempis, ele resolveu abandonar o tráfico de escravos e tornou-se cristão, o que o levou a compor a canção Amazing Grace (em português: "Graça Maravilhosa").”

Bem gente esta conversão aconteceu em 1748, Newton além de abandonar o tráfico de escravos entrou para uma campanha aboliciocista, diz que no dia do afundamento escreveu no seu diário de bordo “Senhor, tende piedade de nós”.

“Até os fins de seus dias passou a observar a data de seu novo nascimento, 10 de maio de 1748, o dia de sua "conversão".Estudou e foi ordenado ministro do Evangelho e ficou lotado em Olney por mais de 4 décadas. O período de 1760-1770 foi prolífico na composição de hinos. Também escreveu ao longo de sua vida revistas e cartas.

No seu túmulo foi escrito, seguindo suas próprias orientações: “John Newton, Clerck, uma vez um infiel e libertino, um servo de escravos na África, foi, pela rica misericórdia de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, preservado e restaurado, perdoado e nomeado para pregar a fé que ele tinha trabalhado muito para destruir”.

Vou deixar um vídeo, muito legal para vocês que encontrei na net, um trechinho da história da música é narrada, e depois é cantada de forma “sem palavras” pelo cantor aí…hehe…na verdade ele interpretou tão bem o sofrimento do negros, característica tão presente na música “negro spiritual” e que fazem parte da história deste estilo musical, que fiquei de “caraaa”…
Também gosto da interpretação da Cristal Lewis de Amazing Grace, e também gosto de Chris Tomlin Amazing Grace (My Chains Are Gone), vou deixar com vcs o Chris, porque o vídeo da Cristal tá um pouco ruim de se ver e ouvir…
Grande Abraço
Danny Elias

5 comentários:

Gisele Vargas disse...

Oi Danny,que delícia esta música!Gostei muito da história de sua composição depois daquela experiência no navio...e o novo rumo que a vida do John Newton tomou!
Beijooos

Naná Burmann disse...

Abençoador esse post! Que história linda!!A música então, nem se fala...
Graça e paz flor...
Naná :)
http:/

Clécia Ferreira disse...

Me-ni-naa!
Que coisa hein... essa história é realmente intrigante... No culto da virada na minha igreja, tinha um grupo dos "fuzileiros navais" que vieram do RJ tocar na posse que foi dia 1º e participaram do culto na nossa igreja, o pastor deles contou essa história que você contou, e o grupo tocou a música ao som de gaitas de fole, imagina... foi lindo... fui abençoada com este testemunho e a música é mesmo linda! Fica com Deus Danny.... abraçãozão!

confissoesdepsicologa disse...

Eu amo essa música e a história é sensacional

João Marcos Bomfim disse...

Parabéns pelo belo trabalho apresentado aqui no blog.

Já estou seguindo!

Graça, alegria e paz
Seminarista João Marcos