sexta-feira, 22 de abril de 2011

Heróis da Fé nos inspiram

OLá galerinha eu estava lendo o livro do Orlando Boyer Heróis da Fé, acho que já li esse livro uns par de vezes, reler sobre a vida de grandes homens de Deus é inspiração para minha vida, reflito e vejo o qto preciso muito mais da graça e do poder de Deus em minha vida, sempre mais…para realizar o que Cristo nos ensinou levar o evangelho aos perdidos! Então resolvi fazer uma seleção de alguns trechos, principais, da vida de alguns deste homens, na verdade coloquei o que considero mais importante para a vida que eles tiveram, a oração, por isso dei destaque a estes trechos sobre a vida dos Heróis da Fé…bem são vários então dividr um duas partes…ai vão alguns:

HEROIS~2

Martinho Lutero

“Grande Reformador”

“…Orar bem é a melhor parte dos estudos…”

“…O fato é que Lutero também tinha o costume de orar horas a fio. Dizia que se não passasse duas horas de manhã orando, recearia que Satanás ganhasse a vitória sobre ele durante o dia. Certo biógrafo seu escreveu: "O tempo que ele passa em oração, produz o tempo para tudo que faz. O tempo que passa com a Palavra vivificante en­che o coração até transbordar em sermões, correspondên­cia e ensinamentos…".

“…Encontra-se o seguinte na História da Igreja Cristã, por Souer, Vol. 3, pág. 406: "Martinho Lutero profetizava, evangelizava, falava línguas e interpretava; revestido de todos os dons do Espírito…".

Jônatas Edwards

Grande despertador”

“…Jônatas Edwards costumava passar treze horas, todos os dias, estudando e orando. Sua esposa, também, diaria­mente o acompanhava na oração. Depois da última refei­ção, ele deixava toda a lida, a fim de passar uma hora com a família…”.

“…Tais vitórias, contra o reino das trevas, foram ganhas de joelhos. Edwards não abandonara, nem deixara de go­zar os privilégios das orações, costume que vinha desde a meninice. Continuou a freqüentar, também, os lugares so­litários na floresta onde podia ter comunhão com Deus. Como um exemplo citamos a sua experiência com a idade de trinta e quatro anos, quando entrou na floresta, a cava­lo. Lá, prostrado em terra, foi-lhe concedido ter uma visão tão preciosa da graça, amor e humilhação de Cristo como Mediador, que passou uma hora vencido por uma torrente de lágrimas e pranto…”.

João Wesley

“Tocha tirada do fogo”

“…Enquanto estudava em Oxford, ajuntava-se ali um pe­queno grupo dos estudantes para orar, estudar as Escritu­ras juntos diariamente, jejuar às quartas e sextas-feiras, visitar os doentes e encarcerados e confortar os criminosos na hora da execução. Todas as manhãs e todas as noites cada um passava uma hora orando sozinho em oculto. Nas orações paravam de vez em quando para observarem se oravam com o devido fervor. Sempre oravam ao entrar e ao sair dos cultos na igreja…Jônatas Edward era um deles”.

“…As primeiras três horas do dia eram dedicadas à oração e estudo das Escrituras…”.

“…Wesley aspi­rava a bênçãos ainda maiores do Senhor, conforme ele mesmo escreveu: "Eu suplicava a Deus que cumprisse to­das as suas promessas na minha alma. O Senhor honrou este anelo, em parte, não muito depois, enquanto eu orava com Carlos, Whitefield e cerca de sessenta outros crentes em Fetter Lane". São de João Wesley também estas palavras: "Cerca das três horas da madrugada, enquanto perseverávamos em oração (Romanos 12.12), o poder de Deus nos sobreveio de tal maneira, que bradamos impulsiona­dos de grande gozo e muitos caíram ao chão. A seguir, ao passar um pouco o temor e a surpresa que sentimos na pre­sença da majestade divina, rompemos em uma só voz: 'Louvamos-te, ó Deus, aceitamos-te como Senhor…”.

“…Essa unção do Espírito Santo dilatou grandemente os horizontes espirituais de Wesley; o seu ministério tornou-se excepcionalmente frutuoso e ele trabalhou ininterrupta­mente durante 53 anos, com o coração abrasado pelo amor divino…”.

“…não é de admirar que centenas de pecadores gemessem, gritassem e caíssem ao chão, como mortos, quando o Espírito Santo os levava a sentir a presença de Deus. Multidões de perdidos, assim, tornavam-se novas criaturas em Cristo Jesus, nos cultos de João Wesley. Mui­tas vezes os ouvintes eram levados às alturas de amor, gozo e admiração; recebiam também visões da perfeição divina e das excelências de Cristo, até ficarem algumas horas como mortos…”. (Ver Apocalipse 1.17.)

Jorge Whitefield

Pregador ao ar livre”

”…Ardia nele um zelo santo de ver todas as pessoas libertas da escravidão do pecado…”.

O dia antes da sua separação para o ministério, passou-o em jejum e oração. Acerca desse fato, ele escreveu: "À tarde, retirei-me para um alto, perto da cidade, onde orei com instância durante duas horas, pedindo a meu favor e também por aqueles que estavam para ser separados comi­go. No domingo, levantei-me de madrugada e orei sobre o assunto da epístola de Paulo a Timóteo, especialmente sobre o preceito: 'Ninguém despreze a tua mocidade'. Quando o ancião me impôs as suas mãos, se meu vil cora­ção não me engana, ofereci todo o meu espírito, alma e cor­po para o serviço no santuário de Deus... Posso testificar; perante os céus e a terra, que dei-me a mim mesmo, quan­do o ancião me impôs as mãos, para ser um mártir por aquele que foi pregado na cruz em meu lugar…".

“…O Espírito continuou a operar poderosamente nele e por ele durante o resto da sua vida, porque nunca abandonou o costume de buscar a presença de Deus. Divi­dia o dia em três partes: oito horas sozinho com Deus e em estudos, oito horas para dormir e as refeições, oito horas para o trabalho entre o povo. De joelhos, lia, e orava sobre as leituras das Escrituras e recebia luz, vida e poder…”.

Fonte: Heróis da Fé – Orlando Boyer

3 comentários:

PauloEsteves disse...

Que o Senhor me dê a sabedoria e a disposiçao para buscá-lo cada dia mais em oração e sentir meu corpo se encher do Seu Santo Espírito...

Alessandra disse...

que benção Danny,por isso ás vezes é tão importante fugir das distrações ás vezes,há tantas coisas pra nos distrair..mas quanto mais buscarmos,mais de Deus teremos!Beijos pra ti,bom fim de semana,obrigada pelo carinho de sempre:)

††† =|Сëgu¡TTöw|=- ††† disse...

Nossa muito interessante este livro vou procurar ele pra ler!! pelo que tratou ai parece ser mto booom!!
abraços e feliz páscoa neh!!