quinta-feira, 31 de outubro de 2013

O dom que é uma paixão

 

Viver por aqui nesta terra não é lá muito fácil, e viver sem direção ou propósito ai que tudo fica mais difícil ainda. O ser humano tem explicação para sua existência, Deus a definiu muito bem 

  “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo, assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado,”. Efésios 1:3-6

Cada pessoa é única, e tem a graciosidade de deixar transbordar por meio de sua vida e de um jeito único: “Deus”. Procurar estar atento ao que o Espírito Santo colocou em nossa vida, é reconher o seu dom, todos recebemos dons. Tenho pensado muito sobre isso nestes dias, algo tem inquietado meu coração, estar disponível, às vezes, te leva a fazer muitas coisas, e entre muitas coisas, sempre existe aquela, ou até aquelas que inundam seu coração com uma paixão enorme, e você não se imaginaria em nenhuma outra situação melhor a não ser cumprindo somente aquilo. É fazer algo e terminar tendo dentro de si a sensação de missão cumprida, ou “estou cumprindo minha missão”. Conhecer seus dons te ajudará a encontrar sua missão de vida. É seu jeito de expressar Deus ao mundo.

Com isso, entre compromissos da igreja a serem cumpridos, acabei me deparando com o livro O Teste Dos Dons de Christian Shwarz que meu querido Pr. Israel Liberato indicou, que fala sobre dons, quero compartilhar com vocês alguns trechos dentre tantos que achei relevantes, apenas para que você possa refletir sobre o assunto. Ainda não terminei de ler o livro, e com certeza vou achar outras partes interessantes e compartilho novamente. Pensem sobre seus dons…

Abraços

Danny Elias

tumblr_lls72mlm5N1qj1niwo1_500

“Um dom espiritual é uma habilidade especial que o Espírito Santo dá a cada membro do Corpo de Cristo – de acordo com a graça de Deus – para ser usado na edificação da Igreja.”

Os dons espirituais não são dados apenas para edificação de cada membro individualmente, mas para o bem de todos. (…) Quem se afasta da comunhão cristã não pode pôr em prática os dons da forma como Deus planejou.”

“Deus não chama ninguém para realizar uma tarefa para a qual Ele não capacitou.”

“Algumas pessoas acham que Deus tem prazer em nos chamar para realizar tarefas que não combinam com os nossos dons.”

“Nem toda a igreja precisa ter todos os dons, mas toda Igreja deveria usar os dons que tem para realizar a tarefa que lhe é imposta pela situação em que se encontra.”

“Os dons foram dados para o serviço (I Pdro 4.10) . Se não estamos dispostos a colocar o dom em prática, por que Deus deveria dá-lo?”

“Não só os cristãos individuais, mas, também, igrejas locais têm diferentes combinações de dons.”

“Sem exceção, cada dom pode ser usado de forma abusiva, se não for usado para a edificação da igreja local.”

Se Deus lhe deu um dom, isso não quer dizer que nessa área não há mais nada a melhorar. Muito pelo contrário: você deveria se esforçar em desenvolver esse dom: (IITm 1.6)”

“Talvez agum dia Deus queira lhe dar dons dos quais você hoje nem suspeita que poderia tê-los.”

O Teste Dos Dons – Christian A. Shwarz

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

É para mim uma honra acessar ao seu blog e poder ver e ler o que está a escrever
reparei que se tem esforçado por nos dar o melhor,
é um blog que nos convida a ficar mais um pouco e que dá gosto vir aqui mais vezes.
Posso afirmar que gostei do que vi e li,decerto não deixarei de visitá-lo mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se ainda não segue pode fazê-lo
agora, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
Que a Paz de Jesus esteja no seu coração e no seu lar.